You are currently viewing Entenda por que a Energia Solar pode aliviar escassez no setor elétrico

Com a pior situação dos reservatórios de hidrelétricas do Sudoeste e Centro-Oeste dos últimos 91 anos, a produção de energia solar vem sendo vista como grande alternativa para reduzir os impactos da crise hídrica. Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o uso das fontes renováveis é eficaz e ainda gera economia para consumidores.

Desde o início de junho, a conta de energia ficou mais cara no Brasil. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) passou a cobrar bandeira vermelha patamar 2: valor extra de R$ 6,24 para cada 100 kWh de energia consumidos. Um novo reajuste, de até 20%, não está descartado.

O problema está ligado à situação das hidrelétricas, que passam por desabastecimento de água. No dia 20 de junho, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) divulgou que os reservatórios Sudeste e Centro-Oeste-, que respondem por 70% da energia produzida no país, atingiram o menor nível dos últimos 20 anos.

Frente a isso, a alternativa que vem sendo levantada por especialistas, é a energia solar.  De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), a geração própria de energia solar em telhados e pequenos terrenos é “uma importante ferramenta para reduzir a demanda por eletricidade no país”.

Além disso, a entidade destaca que a produção de energia solar fornece recurso “limpo e barato” nos horários de maior demanda, entre 11h e 18h. A Absolar ainda defende a aprovação de um projeto de lei que “cria um marco legal da modalidade”. É energia renovável, vinda de fonte limpa, com pouco impacto ambiental, sem emissão de poluentes e que vem se tornando comercialmente bem mais viável.

A utilização de fontes de energia renovável é uma medida inteligente a ser adotada por indivíduos, empresas e indústrias. As vantagens da energia solar já estão consolidadas, há perspectivas de mais desenvolvimento no sentido de popularização da fonte e o contexto de crise energética impulsiona ainda mais a exploração dessa alternativa.

Deixe uma resposta